Search

Felipe Cavalcanti

Intitulada Casulo, a obra de Felipe Cavalcanti faz uma intervenção poética sobre as linhas que o ser humano tece para encontrar um lugar seguro no mundo. Linhas, imaginárias ou não, que delimitam espaços, demarcam fronteiras, começos ou fins. Duas penas de Arara Azul, aves em extinção, estão na porta da casa. O vermelho na ponta delas escorre até a porta da casa e dialoga com o mundo de 2021: o perigo voa lá fora. São também as penas que escrevem a história, com a cor da paixão e da vontade de uma nova narrativa para a humanidade. As penas também são o convite ao voo e à liberdade. Uma folha de ouro na entrada da casa tem a intenção de mostrar que não há nada mais valioso que ter onde pousar.




Casinha por: Felipe Cavalcanti

@felipecavalcanti

41 views

Related Posts

See All